Formulário Enviado

JointBee Logo

 

Supermercado online – Como se posicionar para gerar resultado?

Fonte: Análise e Projeção dos Supermercados no Brasil (maio de 2020)

No mundo, o supermercado online movimenta US$44,5 bilhões, com projeção de crescimento de 17,4% até 2022. No Brasil, as vendas pelo canal registravam US$75 milhões, com participação de 0,2% quando relacionado aos demais canais de compra. A projeção inicial era de que, até 2022, o canal online avançasse 6,5% no país. Esse número pode ser ainda maior conforme a consolidação do setor no e-commerce, e devido à necessidade deste modelo devido à necessidade do isolamento social, e suas consequências profundas no comportamento do consumidor. 

Antes da pandemia, a compra de alimentos e bebidas em plataformas digitais, o chamado supermercado online, já passava por forte crescimento, e tinha boas perspectivas para os próximos anos, segundo um estudo realizado pela Tetra Pak Index.  

O Brasil é classificado como um país resistente ao supermercado online. Localmente, a compra de alimentos e bebidas ainda está concentrada nos canais tradicionais. Entretanto, isso não significa que o supermercado online não avançará no país. 

Há uma tendência para que varejistas fortaleçam a sua presença no ambiente digital, ao mesmo tempo em que marcas com forte presença online expandirão operações para as lojas físicas. Nesse cenário, os consumidores poderão testar novas experiências e modelos de negócios. Por exemplo, uma possibilidade é a compra de produtos em plataformas online para posterior retirada em lojas físicas. Esse modelo de “Drive Thru já está em ação para muitas lojas e supermercados, que decidiram inovar suas vendas durante a pandemia. 

O trabalho que deve ser feito junto aos supermercados consiste resumidamente em 3 pilares: 

1. ENTENDER o comportamento do consumidor no ambiente digital; 

2. POSICIONAR a marca da maneira mais assertiva possível; 

3. ESTABELECER canais de atendimento extremamente ágeis (soluções online e contato via Whatsapp inclusive no pós-venda). 

Os canais físicos e digitais se complementam, para oferecer soluções criativas e facilitar a vida do consumidor em diferentes aspectos. A tendência do consumo não é apenas ser digital, mas saber conectar o melhor dos dois mundos em benefício do cliente! 

E se você precisar de ajuda para inovar, é só chamar a JointBee. Vamos juntos? HANDS ON! 

BEE. JOINTBEE.

© JointBee . Todos os direitos reservados.